fbpx

Bitcoin (BTC) atinge novo máximo histórico!

A criptomoeda Bitcoin (BTC) continua a valorizar depois de ter atingido em Novembro deste mesmo ano os 19 mil dólares, uma marca que tinha sido alcançada pela primeira vez em 2017.

Em ano de pandemia, a bitcoin já valorizou perto de 190% desde o dia 1 de Janeiro. A Bitcoin (BTC) é a maior criptomoeda do planeta, devido as características inovadoras e a adoção pioneira da tecnologia blockchain que para além de ser mais rápida, segura e barata também apresenta outros características interesantes como o anonimato.

Curiosamente, nos seus 10, 11 anos de história, a Bitcoin já valeu 0.1 cêntimos e nos dias de hoje 1 bitcoin vale milhares de euros. Este preço que para muitos pode parecer exorbitante, para quem acompanha os mercados não é, já há muito que se antevê um crescimento sustentado do valor da criptomoeda por isso atingir novos máximos já não é novidade…

?cid=678811 | Bitcoin (BTC) atinge novo máximo histórico!

Estado atual da moeda

Uma empresa ter o domínio do mercado nunca (ou quase nunca) é uma coisa boa para o consumidor. Sendo este o exemplo mais recente e mais claro até agora.

Os preços vão aumentar? A líder de semiconductores TSMC pode ser decisiva!

Afinal de contas, como deve saber, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) é uma das maiores fabricantes de semicondutores do planeta, além disso, é também uma das melhores, senão mesmo a melhor.

O ano de 2020 tem sido forte para as moedas digitais, em especial para a bitcoin. A criptomoeda tem sido aposta de nomes de relevo do mundo do investimento, o que contribuiu para o crescimento neste ano de instabilidade agravado pela pandemia.

Os investidores são atraídos pelo potencial de ganhos rápidos, pela resistência à inflação e pela expectativa de que a bitcoin se venha a tornar um método de pagamento corrente

Um aumento que é, por isso, sustentável, ao contrário do que se verificou em 2017: os defensores da bitcoin defendem que desta vez o crescimento é sustentado por compras institucionais e não devido a especulação de mercado.

“Temos assistido a uma mudança significativa na demografia das pessoas interessadas em moedas digitais. Já não é uma área exclusiva a programadores e defensores de tecnologias financeiras”

Yoni Assia

Outras criptomoedas populares, como a Ethereum ou a Ripple, também acompanharam a subida com ganhos de 6,1% e 8,8%, respectivamente, alavancados em grande parte pelos mercados dos Estados Unidos e da Ásia Oriental, à semelhança da bitcoin.

Deixa um comentário