fbpx

Cardano (ADA) cresce 15% após nova parceria com a PwC

Após a mais recente notícia acerca da Cardano ter sido a moeda com mais desenvolvimento em 2019, este projeto desenvolvido em blockchain volta a estar na ribalta!

O preço da Cardano (ADA) cresceu 15%, até perto de $0,051, depois do mais recente anúncio da nova parceria com uma das Big4 consultoras – PricewaterhouseCoopers (PwC).

Este aumento de valor, trouxe a criptomoeda de volta para o “top 10” com base no valor de mercado (market cap.), dados do coinmarketcap.

Preço Cardano (27 a 29 Jan);
Preço Cardano (27 a 29 Jan);
Fonte: tradingview

Charles Hoskinson, CEO da IOHK – a empresa por trás do projeto Cardano – relou os detalhes da parceria num vídeo partilhado no canal de Youtube pessoal.

O anúncio feito a 27 de Janeiro, detalha que:

A PwC irá agregar informação da IOHK, Fundação Cardano, Cardano business e Emurgo de forma a construir uma estratégia comercial para o projeto.

Charles Hoskinson, no seu canal de Youtube

Atualmente, ainda são escassos os pormenores da parceria. Porém, sabe-se que a PwC irá realizar um workshop na Cardano, numa data futura, em que esta empresa se compromete a revelar a estratégia que tem em mente para promover a adoção da ADA – a sua criptomoeda.

Este anúncio recente também enuncia alguns dos entraves que o projeto vive atualmente com a Shelley Incentivized Test Network – a mais recente versão da Cardano.

O maior problema reside no facto de ter sido construído em Rust, cuja é uma linguagem de programação que favorece a eficiência em prol da usabilidade. No entanto, a próxima Testnet será construída em Haskell de forma a tornar mais acessível a sua utilização.

Sobre o Autor:
Fundador - Jornal da Moeda

Alumni das Universidades Católica Porto e FEP. Com experiência nas indústrias de mercados financeiros, criptomoedas e marketing digital.

Fundador do Jornal da Moeda.