fbpx

Monero Info

XMR/EUR Monero
24h High:
24h Low:
24h Open:

Monero (XMR)

Informação Técnica

 

INVESTIR EM MONERO

O que é a Monero?

Criada em Abril de 2014, a Monero (XMR) é uma criptomoeda desenvolvida em formato de código aberto (open-source) e baseada na tecnologia blockchain. Apesar de extremamente complexo, o seu sistema funciona nos mais variados sistemas operativos: Windows, Mac, Linux e Android.

Os valores da Monero são:

  • Privacidade;
  • Segurança;
  • Ser não-rastreável (untraceable, em Inglês);
  • Fungibilidade (fungibility, em Inglês);

Estes valores são assegurados pelo seu protocolo – o CryptoNote – que possui diferenças significativas, no que diz respeito à ocultação de dados, comparativamente com o protocolo da Bitcoin, por exemplo.

Monero e o anonimato

O foco principal desta moeda reside no total anonimato dos seu usuários! Este anonimato está presente até na sua criação, dado que o seu criador – “thankful_for_today” – permanece anónimo até aos dias de hoje.

Derivada da Bytecoin (moeda polémica que em 2014 desapareceu e deu origem a uma série de outros projetos), a Monero criou características que adicionou à tecnologia blockchain, tais como:

  1. Ring Signatures: processo que permite aos usuários ter uma assinatura digital encriptada e não-rastreável.
  2. Stealth Addresses: endereços de utilização única que são “gastos” após utilização.

Para além disso, este projeto inclui na sua tecnologia o conceito de master nodes. Este conceito já havia sido usado previamente por outras criptomoedas (como a Dash), e refere-se à criação de transferências falsas e posterior aglomeração com transações verdadeiras, de forma a que no final seja impossível detetar quais transações são, efetivamente, reais.

No entanto, o anonimato requere uma elevada capacidade de memória e recursos. É graças a isso, que as transações de Monero pesam, em média, 8 vezes mais do que as de Bitcoin.

Minerar XMR

A mineração de XMR, baseia-se no mesmo princípio que a Bitcoin – PoW (Proof-of-Work): os mineradores recebem XMR, pela resolução de problemas criptográficos, que levam um novo bloco a ser adicionado à Blockchain. Porém, ao invés do que acontece com outras criptomoedas, a emissão de Monero não é limitada.

INVESTIR EM MONERO