fbpx

Destaques da Semana: 01 de junho

Hoje, os mercados asiáticos abrem com otimismo e o sentimento anima a abertura da sessão europeia.

DAX alemão abre em alta e volta a testar a resistência dos 11 800 pts. Também o índice francês volta a testar os 4780 pts testados na passada quinta-feira, e os índices em geral sobem cerca de 1%.

INVESTIR EM AÇÕES

O mesmo não se pode dizer dos futuros de Wall Street, com os índices a negociarem na linha de água, em expectativa dos próximos desenvolvimentos nas relações sino-americanas.

Estados Unidos da América:
Trump anuncia saída da OMS e onda de protestos traz volatilidade aos mercados

Donald Trump, no esperado discurso da sexta-feira passada, prestou algumas declarações sobre a sua posição com a China. Haviam surgido alguns rumores antes do discurso do presidente, de que os EUA teriam a intenção de levantar o estatuto especial de Hong Kong e de atingir o sistema financeiro chinês como sanção pela ingerência do governo chinês nessa região autónoma; rumores esses que geraram muita volatilidade nos mercados.

No entanto, o presidente dos EUA absteve-se de anunciar ações concretas contra a China. Em contrapartida, anunciou que os Estados Unidos sairiam da OMS.

A pressionar o sentimento de mercado dos EUA temos ainda a escalada de violência dos protestos de Minnesota, que desencadearam protestos noutras regiões do país como Califórnia, Geórgia, Nova York, Texas e Massachusetts. Governador de Minnesota assegura que “os protestos já não se tratam de George Floyd (…) Trata-se de atacar a sociedade civil, incutir medo e atrapalhar as nossas grandes cidades”, disse, em entrevista.

Trump dá conta de que 80% dos “manifestantes” de Minneapolis que saíram na noite de sexta-feira não pertenciam sequer ao estado. Os manifestantes vandalizam estabelecimentos, incendeiam edifícios, destroem agências policiais e geram tumultos violentos. 

OPEP: Petróleo

Surgiram relatórios que sugerem que a OPEP + poderá vir a realizar uma reunião esta semana (uma semana antes do planeado). Os produtores deverão discutir uma extensão do vencimento do contrato atual de corte de produção. Em resposta ao anúncio, o mercado de petróleo está em alta mas poderá querer esperar pela reunião para definir alguma tendência. 

Forex

O otimismo de mercado leva o dólar americano a prosseguir com a sua depreciação, caindo para mínimos de março. Já o euro aprecia, reforçado pelas expectativas de um reforço das medidas de incentivo económico pelo BCE. Outras moedas de maior risco, como o AUD e o NZD, também apreciam. 

INVESTIR EM FOREX

Diz-se que o Chanceler do Tesouro do Reino Unido, Sunak, estará a trabalhar no sentido de desenvolver um orçamento de emergência.

Coronavírus

A pandemia de coronavírus está longe de terminar. Mais de 100.000 novos casos foram reportados em cada um dos últimos 5 dias!

XTB em Destaques da Manhã, 01 de junho de 2020

Para completar o quadro, os dados estatísticos da Pandemia de coronavírus não são animadores. O número total de casos confirmados de Covid aumentam para 6,26 milhões, dos quais 373,9 mil são vítimas mortais e 2,85 milhões de pessoas recuperaram da doença.

Mesmo que considerada a pior recessão alguma vez sofrida na Europa, as bolsas de valores poderão, por agora, escapar ao efeito destes números uma vez que, a contribuir maioritariamente para estes números temos vários países de economias emergentes, enquanto que a taxa de contágio na Europa regride rapidamente e são levantadas cada vez mais restrições. 

Destaques da semana - 01 de junho: coronavírus

Calendário Económico

No calendário económico de hoje teremos vários índices PMI industriais. Às 9:30, o PMI do RU, às14:30, no Canadá e às 14:45 nos EUA. Ainda assim, as notícias da frente política e de relações comerciais poderão atrair muito mais as atenções.

?cid=589647 | Destaques da Semana: 01 de junho

Deixa um comentário