fbpx

FC Barcelona prestes a lançar o seu token em Blockchain

O FC Barcelona, um dos clubes de futebol que mais fãs tem espalhados pelo mundo, vai emitir tokens, denominados “Barça Fan Tokens”, numa plataforma Blockchain.

A ideia por trás desta iniciativa é fazer com que os adeptos do Barça de todo o mundo interajam com o clube. No segundo trimestre deste ano, é esperado que os tokens possibilitem aos seus detentores o voto numa variedade de decisões, como por exemplo, a escolha da música que é ouvida quando a equipa marca um golo.

INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS

Mas o que são tokens?

Tokens não são exatamente criptomoedas.

No mundo criptográfico, tokens são um tipo de moeda digital, desenvolvida em Blockchain, que representa um ativo ou utilidade. Por exemplo, uma pessoa pode ter um token criptográfico que representa X pontos numa Blockchain e/ou que é utilizada por uma loja de retalho.

Para os fãs do FC Barcelona adquirirem estas moedas, podem fazer download da app de Socios.com, comprar as moedas nativas da aplicação, conhecidas como Chiliz, e depois usá-las para comprar os “Barça Fan Tokens”. Segundo Alexandre Dreyfus, CEO de Socios.com, os fãs recebem 40 milhões de moedas do Barça em troca de 2 euros e a maior parte do rendimento gerado vai para o clube.

Os Chiliz podem também ser guardados numa carteira de criptomoedas ou convertidos noutras criptomoedas através de uma exchange.

Com esta medida, o Barça passa a ser a nona equipa de futebol a associar-se ao projecto de Alexandre Dreyfus, depois de clubes como Paris Saint-Germain e Juventus terem utilizado esta plataforma.

Desde Dezembro, aproximadamente 110 mil utilizadores registaram-se. Deste número, cada um comprou em média 20$ de moedas.

INVESTIR EM CRIPTOMOEDAS
Sobre o Autor:
Fundador - Jornal da Moeda

Alumni das Universidades Católica Porto e FEP. Com experiência nas indústrias de mercados financeiros, criptomoedas e marketing digital.

Fundador do Jornal da Moeda.

Deixa um comentário