fbpx

Investir em Dogecoin é como apostar? Veja o que defende o processo contra Elon Musk…

No passado dia 16 de Junho, Elon Musk foi processado por, alegadamente, ser constituinte e lucrar com um esquema de pirâmide associado à criptomoeda Dogecoin.

O processo foi iniciado no Tribunal Distrital de Nova Iorque e a acusação alega que Elon Musk usou a sua posição como um dos homens mais ricos e influentes do mundo para manipular e operar um esquema de pirâmide em volta da Dogecoin, lucrando com a transição de DOGE e exposição consequente da associação a esta criptomoeda.

A SpaceX e a Tesla Inc, empresas onde Elon Musk tem o cargo de CEO, também foram alvo destas alegações, sendo que os valores exigidos pela parte queixosa rondam os 258 mil milhões de dólares.

Estes valores representam cerca de:

  • 28 vezes mais o valor atual de capitalização de mercado (market cap) da DOGE (aproximadamente 8.9 mil milhões de dólares);
  • 3 vezes mais o máximo market cap alcançado pela DOGE (88.6 mil milhões de dólares);
  • 3 vezes mais o que, alegadamente, lucrou Elon Musk e as suas empresas com este suposto esquema de pirâmide.

Keith Johnson, cidadão americano e parte queixosa neste caso, alega que Elon Musk e as suas empresas lucraram indevidamente 86 mil milhões de dólares como resultado de práticas fraudulentas, publicidade enganosa, entre outras acusações.

Johnson também alega que, entre Maio de 2021 e Junho de 2022, teve, juntamente com outros indivíduos nesta ação coletiva, prejuízos a rondar os 86 mil milhões de dólares. Este valor é agora exigido em forma de compensação, mais 172 mil milhões de dólares em danos e despesas legais.

A ação judicial ainda pede uma ordem para declarar o trading de DOGE como “gambling” dentro do estado de Nova Iorque e ao nível federal, acusando simultaneamente Elon Musk e as suas empresas de não cumprirem as leis de gambling estatais e federais.

Tendo em conta que a parte queixosa alega que o trading de Dogecoin é gambling, a ação coletiva exige o reembolso de todas as “apostas” perdidas entre Maio de 2021 e Junho de 2022.

Lembramos que em Janeiro deste ano, Musk anunciou que a gigante Tesla Inc. iria aceitar pagamentos em DOGE por merchandising da empresa. Mais tarde, em Maio, também a SpaceX, empresa que explora e fabrica sistemas e transportes aeroespaciais, começou a aceitar pagamentos nesta criptomoeda.

Entretanto, desde que esta ação judicial foi indiciada, muitas personalidades do mundo cripto falaram sobre o assunto. Entre elas o pseudónimo e fundador da Dogecoin, Shibetoshi Nakamoto, que deixou o seguinte comentário no Twitter:

Por último, é de assinalar que, à data da publicação, nem a SpaceX, nem a Tesla Inc, nem o próprio Elon Musk se pronunciaram quanto a estas acusações.

Deixa um comentário